domingo, 19 de maio de 2013

Receita de Joelho

assado
Joelho de presunto e queijo

Pra muita gente vai soar engraçado esse nome, mas aqui no Rio é assim mesmo que se chama esse delicioso "pãozinho" recheado de presunto e queijo: Joelho.

E como sempre me atrevi a fazer em casa. Fiquei com um pouco de medo, mas até que deu certo!

joelho
Massa misturada
Vamos lá!


Ingredientes:

Massa:

200 ml de leite morno
100 ml de azeite
500 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
Massa após meia hora
1 colher (sopa) rasa de açúcar
30 g de fermento biológico fresco (2 tabletes)
1 gema (para pincelar)

Recheio:

200 g de mussarela
200 g de presunto
1 tomate picado em meias rodelas, sem sementes
orégano a gosto

massa aberta
Massa cortada e aberta
Modo de fazer:

Misture o fermento no leite morno, mexendo bem até ficar bem dissolvido.

Misture os outros ingredientes, menos a gema.

Comece mexendo com uma colher de pau, depois mexa com as mãos, até formar uma massa lisa e homogênea, que vai soltar das mãos.

recheio presunto e queijoFaça uma bola e deixe essa massa descansar por meia hora, ela vai mais que dobrar de volume.

Corte a massa em quadrados iguais, e abra com o rolo, recheando a gosto.

Enrole a massa, tomando cuidado pra deixar as laterais fechadas, para evitar que o recheio saia (como aconteceu parcialmente no meu!).

forno
Joelho no forno
Unte um tabuleiro com óleo e distribua os joelhos, mantendo uma certa distância para que não grudem e pincele a gema em cima de cada um.

Asse em forno (pré aquecido) a 200 graus, de médio pra baixo, até que estejam dourados!

Espere os elogios!


DICAS DA TATY:

* Pode tentar outro recheio, como frango e requeijão, ou salsicha.

* Eu abri a massa bem fina, mas se quiser pode abrir mais grossinha, pra ficar mais fofinho ainda.

* Os fornos podem variar, o meu demorou cerca de 30 minutos.

sábado, 11 de maio de 2013

Maionese caseira sem ovo

Um colega me deu o toque de fazer essa maionese. E não é que dá certo? E pra minha surpresa, a consistência fica até melhor do que a outra com ovo. Muito fácil de fazer. Algumas pessoas fizeram só com o leite, mas como eu sou atrevida, coloquei os temperinhos.. Vamos lá!

maionese sem ovo
Maionese sem ovo
Vou ensinar a fazer pouca quantidade, porque prefiro fazer sempre fresquinha.

Ingredientes:

Óleo até dar ponto (não chega a meio litro se seguir as dicas direitinho)
Leite, quantidade necessária
1 dente de alho
1 colher (chá) de suco de limão ou vinagre
1 colher (chá) de mostarda (opcional)
2 colheres (sopa) cebolinha (ou outro tempero, também opcional)
Sal a gosto

Modo de fazer:

Não coloquei quantidade de leite porque pode variar um pouco. Uma boa forma de fazer pouca quantidade de maionese é colocar o leite o suficiente pra chegar nas lâminas do liquidificador. Acho que não dá meio copo.
Agora acrescente o alho, o limão (ou vinagre), a mostarda (opcional) e o sal.
Bata bem no liquidificador, até ver que tudo se misturou.

Agora coloque o liquidificador na velocidade baixa, e coloque o óleo (geralmente faz um pouquinho de sujeira, pois espirra, mas você vai sobreviver). Tente manter constante um fio de óleo e vá prestando atenção, dá ponto bem rápido.

Quando estiver quase no ponto, acrescente a cebolinha (ou outros temperos). E pronto.

Ótimo para acompanhar lanches e saladas!

DICAS DA TATY:

* Eu coloco o limão pois gosto de sentir o azedinho no sabor da maionese, mas segundo algumas receitas que eu pesquisei, dá certo sem limão também.

* O ponto da maionese pode variar conforme seu gosto, eu fiz bem durinha. E você vê que está dando ponto quando começa a virar um creme e faz (literalmente) um buraco dentro do liquidificador. Quando esse buraco estiver fechando, coloque os temperos.

* Como não tem conservantes, acho melhor consumir na hora, ou até 2 dias no máximo.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Mensagem de uma mãe pra outra (s)

Dia das Mães.
Samara Piveta, 14 anos
E aí? Flores, almoço, roupa, sapatos, bolsa, Ipad, tablet???
Tudo errado. Isso é só o complemento. O que sua mãe mais quer é você, filho ou filha. Não pela metade, não pensando nas dívidas e nos problemas. Mas só dela, ali naquele momento. Pra ela te olhar, te admirar e esquecer que você um dia desobedeceu e chateou ela pra caramba a ponto de arrancar-lhe lágrimas, esquecer a nota baixa, esquecer que você quebrou a vidraça da janela jogando bola, ou tantas outras artes que aprontou.

A gente sabe que dia das mães é todo dia. Mas já que existe um dia específico pra brindar quem deu seu melhor presente _a vida, use e abuse da sua mãe. Conselho? Faz o que ela gosta. Porque de nada adianta você levar sua mãe no melhor restaurante japonês da cidade se ela não suporta peixe cru. Tem mãe que prefere ficar em casa e cozinhar pros filhos, então que assim seja. Se ela vai ficar feliz assim, deixa ela.
Leonardo Piveta, 8 anos

Aproveita a sua mãe, beija, abraça, pede colo. Dê e receba carinho. Se você está meio brigado com ela, tente fazer as pazes. Releve. Pense no dia que ela não vai mais estar aqui entre nós. Sim, esse dia vai chegar você queira ou não. E aí pode ser tarde pra conversar.

Eu desejo de todo coração que você esteja com sua mãe. Eu hoje estou longe fisicamente da minha mãe, e longe dos meus filhos Samara e Leonardo. Mas estamos unidos em nossos corações.

Muita gente me fala "nossa, como você consegue? Eu não conseguiria ficar longe". E eu respondo e explico. Ser mãe é muito mais do que você manter seu filho agarrado a você por ser ciumenta. É um sentimento muito pequeno de egoísmo cumprir essas obrigações de "tem que ficar comigo". Pense no seu filho. O que é melhor pra ele? Talvez o que você gostaria que acontecesse não seja o melhor pra ele nesse momento. Ouça seu filho. Converse. Entenda. É lógico que devemos manter o limite entre mãe e filho, mas seja amiga do seu filho. Seja a pessoa que ele quer contar os segredos, e não aquela que ele tem medo de conversar sobre qualquer assunto.

Pandora Piveta, 2 anos
Respeito é a palavra. Tanto de um lado, quanto de outro. Amar também é dizer não, e compensar ausência com presentes não significa que vai recompensar. 

Valorize cada segundo precioso ao lado da sua mãe, ao lado do seu filho. Aproveite a companhia maravilhosa dessas pessoas que tanto amamos, pois a gente tende a dar mais valor quando perdemos, ou quando estamos longe. Tente não cometer esse erro.

No mais... Simplifique... A vida é simples, a gente que complica!

E seja feliz, tenha um feliz, super feliz Dia das Mães!

terça-feira, 7 de maio de 2013

Creche ou babá???

Chega a hora de voltar ao trabalho. E aí? Creche ou babá???

Nos dias de hoje confiar a vida da pessoinha mais importante da sua vida a um "estranho" é complicado demais. A gente vê cada absurdo nos noticiários, que faz medo. Dá vontade de encher a criança de câmeras ocultas, pra gravar qualquer "a" fora do normal.

bebê
Pandora e sua TiDedéia
A Samara e o Leonardo foram pra escola bem cedo, com 18 meses já estavam ficando em tempo integral, e adoravam. Estudaram no Centro Educacional Castelo, no Bairro em que eu morei a vida inteira. Era (e é) totalmente confiável, a diretora/dona da escola estudou com a gente, conhecíamos a família toda, que trabalham na escola, então era despreocupante, além de ótima escola.

Agora a Pandora está praticamente com 2 anos, e por opção minha não tinha voltado a trabalhar antes, mas graças a Deus no momento oportuno apareceu essa proposta de vir pro Rio. E agora? Sem mãe, sem sogra, sem escola de confiança??? 

Claro que aqui também existem ótimas escolas, mas por exemplo. As escolas perto do meu trabalho são o olho da cara. Agora não tenho como matricular, fora uniforme, material escolar e todos os "dinheirinhos" que as escolas adoram pedir.

Por decisão unânime (eu e marido), resolvemos deixar a Pan em casa até o fim desse ano, com a minha amiga Andreia. Além de ter total confiança nela, as duas se dão super bem. E é isso que mais importa.

Então meu conselho é: faça o que seu coração mandar. Não adianta deixar em casa com a babá se você vai ficar aflita o dia todo na rua. Se você tem mãe perto, ou sogra, que estejam dispostas a ajudar, ótimo! Mas nesse caso, minha dica é que converse abertamente com elas pra que não "estraguem" a criança. Minha mãe me ajudava muito, mas tudo que eu falava, ela "obedecia". Afinal os filhos dela, ela já criou. Agora tem que ser do meu jeito!

Se sua opção for a escolinha, visite, converse, tire tooodas as dúvidas. Procure alguém conhecido que possa te dar alguma informação. Visite principalmente a cozinha. Mas de preferência visite sem avisar. Adoro isso. Uma vez fui conhecer uma escola que estava servindo macarrão com salsicha. Me poupe né? Nada contra, eu adoro, mas servir pra uma criança de 2 anos de idade que você está pagando pra ser cuidada não rola. Não mesmo. 

No mais.... Eu desejo que todas tenham uma TiDedéia pra seus filhotes!


Links interessantes:


segunda-feira, 6 de maio de 2013

Polenta com espinafre e ovo

Com esse friozinho que chegou de surpresa.... essa é uma ótima pedida pra variar o cardápio. Sabe aquele dia que você não está afim de fazer janta?? Então essa é minha dica!
Vou passar a receita do espinafre, a polenta vai por conta de cada uma, ok?
polenta
Polenta com espinafre e ovo

Ingredientes:

1 maço de espinafre lavado e sem talos
3 dentes de alho picadinhos
2 colheres (sopa) manteiga
1 fio de azeite
1 pitada de pimenta do reino

Modo de fazer:

Numa panela acrescente o azeite e a manteiga até aquecer. Misture o alho e quando começar a dourar, acrescente o espinafre.

Refogue até que fique macio, coloque uma pitada de pimenta do reino.

E está pronto!

Disponha em um prato a polenta, o espinafre por cima, e um lindo ovo frito com a gema mole em cima.

Aguarde os elogios!

DICAS DA TATY:

* Deixei a polenta por conta de cada uma, pois tem gente que prefere fubá pré cozido, outras polenta mais molinha, outras fazem com caldo knorr... Então cada uma faz a sua preferida!

* Se não gostar de ovo mole, faça com gema dura, ou não faça! É porque a gema mole não está crua como muita gente pensa, além de fazer um par perfeito com essa combinação de polenta e espinafre.

Salada de Feijão fradinho com atum

Oi geeeeeeeeeeente!

Depois de um domingo inteiro sem internet, surge a segunda feira! Vamos que vamos...
Hoje vou mostrar essa prática receita, ótima opção pra variar na hora de comer feijão.

feijão fradinho com atum
Feijão fradinho com atum
Ingredientes:

125 gramas de feijão fradinho
1 tablete de caldo de carne
1 lata de atum ralado
1 cebola média picada
1 tomate pequeno, sem sementes, picado
1 maço de coentro picado
2 dentes de alho picados
2 colheres (sopa) azeite

Mode de fazer:

Cozinhe o feijão com o caldo de carne na panela de pressão. É bem rápido, coisa de uns 7 minutos. Desligue o fogo e deixe a pressão sair sozinha.

Enquanto isso coloque numa travessa os outros ingredientes, menos o azeite.

O ponto do feijão fradinho é al dente, senão vira uma paçoca. Se já estiver no ponto, escorra e misture aos demais ingredientes, acrescentando o azeite.

Agora é só comer! Simples né?


DICAS DA TATY:

* Eu acrescento o caldo de carne pra poder dar um gostinho, mas aí é de acordo com cada um. Pode acrescentar folha de louro ou outro tipo de caldo.

* Essa salada eu fiz bem simples, porque queria assim mesmo, mas pode acrescentar mais ingredientes, milho, ervilha, azeitonas, pimentão... é só usar a criatividade!

* O atum pode ser substituído por bacalhau, frango, bacon... tudo combina! E o coentro também pode ser trocado por salsa.

sábado, 4 de maio de 2013

Caldo de abóbora com camarão

abóbora com camarão
Caldo de halloween
Huuuuuuuuuuuum!! Cheirinho bom no ar!

Esse caldo, também conhecido como Caldo de Halloween é delicioso pra tomar a noitinha, na companhia do seu amor, dos amigos, ou você pode preparar pra sua mãe! O dia dela está chegando!!!

cabeças de camarão
Caldo de camarão
Com poucos ingredientes, essa receita se torna super prática de fazer. Simples assim... Vamos lá!


Ingredientes:

1 Kg de abóbora madura
500 gramas de batata inglesa (3 grandes)
1 kg de camarão médio
1 cebola grande picada em cubinhos
refogando
Camarões refogando
3 dentes de alho picados
1 maço de coentro
5 colheres (sopa) azeite
1 tablete de caldo de camarão
Água em quantidade suficiente
Sal, pimenta do reino, açafrão a gosto

Modo de fazer:

Limpe os camarões, deixando reservado as cascas e as cabeças. 
Reserve os camarões limpos e secos. 
abóbora com camarão
Abóbora cozida no caldo de camarão
Em uma panela coloque as cabeças e cascas limpas com 1 1/2 litro de água (aproximadamente), com uma pitada de sal e o caldo de camarão. Deixe ferver, desligue o fogo. Deixe descansar por uns 10 minutos e ferva de novo. Passe pela peneira e reserve o caldo.

Descasque e pique as abóboras e coloque pra cozinhar no caldo de camarão até que fiquem bem amolecidas.

Eu cozinho as batatas na panela de pressão, inteiras e com casca. Uns 7 minutos depois que começa a chiar e está bom. Se ainda estiverem duras, volte ao fogo. Espete com uma faca, e se estiverem bem macias, desligue o fogo, retire da água, descasque e reserve.
cebola
Cebola refogando

Em uma frigideira aqueça bem 2 colheres de azeite e coloque os camarões. Acrescente uma pitada de sal e uma de pimenta do reino. Vire os camarões e frite até que todos fiquem rosados. Desligue o fogo e reserve.

Após a batata e a abóbora cozidas, pode começar o preparo do caldo.

Em uma panela grande, aqueça 3 colheres de azeite e refogue a cebola e o alho no fogo baixo. Enquanto isso, bata no liquidificador 
abóbora com camarão
Misture o creme a cebola refogada
as batatas e a abóbora com um pouco do caldo do cozimento da abóbora. 

Despeje o conteúdo na panela e mexa bem. Acrescente o coentro, uma pitada de açafrão, pimenta do reino e prove o sal, acrescentando mais, se necessário.

Assim que abrir fervura, acrescente os camarões reservados e mexa bem. Deixe 2 minutos no fogo e está pronto!

Sirva com torradas e aguarde os elogios!!!
creme de abóbora
Bata a abóbora, as batatas e o caldo




DICAS DA TATY:


* Se você não gosta de mexer com camarões, compre 500 gramas de camarões limpos, e faça o caldo de camarão com os tabletes.


creme de abóbora
Acrescente coentro e regule temperos
* Se preferir pode cozinhar as batatas descascadas e picadas na panela convencional, fica a seu critério.


* Eu gosto de deixar em ponto de creme, mas se você preferir pode fazer menos cremoso, acrescentando mais caldo.


* Se tiver algo contra o coentro, pode substituir por salsa ou cebolinha.

camarão
Acrescente os camarões

* Essa quantidade serve 4 porções bem servidas.










sexta-feira, 3 de maio de 2013

Pirraça infantil: Fase ou "culpa" dos pais?

manha
Pirraça
Quem tem filhos sabe bem como é terrível filho fazendo pirraça.
Muitos de nós já presenciou aquela famosa cena de uma criança deitada no chão do shopping, gritando, enquanto a mãe calmamente fala "Pára meu filho".... E fica por isso mesmo, ou piora.
Até que ponto a pirraça é normal? Até qual idade é suportável? O que fazer pra a amenizar?? Muitas questões envolvem essa danadinha que acaba com o humor de muitas mamães.

Alguns estudos apontam que a pirraça só começa a ser feita quando a criança começa a distinguir o certo do errado, lá pelos 2 anos de idade. Mas elas não tem maturidade pra saber qual seu limite, o que pode acarretar um problema, principalmente quando os pais não sabem como lidar com isso de uma forma mais eficaz. Há quem diga que não passa de uma fase, mas eu ainda acho que a maior parte é, sim, culpa dos pais.

Ao final do post tem dois links muito interessantes, que recomendo a leitura. Aqui escreverei como eu passei por isso com os mais velhos, e como estou lidando com isso com a Dona Pandora.


manhaPrimeiro de tudo: seja firme. Não importa o quanto possa doer ver as lágrimas do seu filho. Melhor você corrigir ele agora, do que a polícia corrigindo no futuro. É um pouco drástico demais? Sim, é. Mas pelo sim, pelo não, melhor não arriscar. Não vai dar pra voltar no tempo e tentar corrigir o que você errou na educação do seu filho. Mantenha-se firme no que falar, não volte atrás em hipótese alguma. Basta você fazer isso uma vez, que ele vai aprender que pode "te dobrar no papo".

Como diz o Senhor Içami Tiba: Quem ama educa. E amar também é dizer não. E isso é um ponto muito importante na educação dos filhos. Não importa se você tem condições financeiras a ponto de poder dar tudo. O "não" é saudável pro seu filho, pois o mundo lá fora não é feito somente de "sim". Converse com seu filho quando você achar que não deve comprar isso ou aquilo. Mesmo que ele fique tristinho, desvie a atenção dele pra outra coisa.

Eu também já passei por isso. O Leonardo uma vez parou no meio do shopping e disse "Eu não vou sair daqui até você me levar pra tomar sorvete". Eu já tinha dito que ia resolver umas coisas e depois ia levá-lo. Olhei bem fundo nos olhos dele e disse: "Então você vai ficar aí, pois eu estou indo". E fui andando, sem olhar pra trás. Claro que não dá pra fazer isso em qualquer situação, até por questões de segurança. Mas naquele momento, eu podia fazer. Qual não foi a minha surpresa ao ver que ele veio correndo em minha direção. Mas o sorvete não ganhou mais. Meu coração doeu, mas conversei e expliquei porque ele não iria ganhar.

Enfim, não existe um "Manual da Boa Mãe", não tem receita de bolo. O que serve pra mim, pode não servir pra você, mas uma coisa é válida pra todos: faça com que seu filho se sinta seguro sempre. Mostre a ele que você não é contra ele, e sim contra a atitude errada dele. E lembre-se que somos o espelho dos nossos filhos. Se você grita por qualquer coisa, ele também vai gritar! Se você é agressivo, ele também vai ser! Cuide de quem você é, pra poder cuidar também dos seus.

No mais, estamos aqui pra aprender com a vida! Deixe sua opinião sobre o assunto, afinal ninguém é tão sábio que não possa aprender, nem tão burro que não possa ensinar, ainda mais quando o assunto são os filhos!

Um beijo queridos!


Links muito interessantes:

http://bebe.abril.com.br/materia/17-perguntas-e-respostas-sobre-o-comportamento-infantil

http://www.acessa.com/infantil/arquivo/noticias/2011/11/23-comportamento/

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Feijão diferente

Feijão diferente
O mesmo feijão todo dia não dá né??

Então vou ensinar como mudar rapidinho o feijão que já está pronto, cozido.

Muito fácil, e rapidinho de fazer.

toucinho
Bacon fritando



Ingredientes:

1 xícara de feijão cozido escorrido
2 colheres (sopa) bacon picado
100 gramas de linguiça defumada fina picada
1 colher (sopa) azeite
1 cebola pequena picada
defumada
Linguicinha defumada
1 tomate pequeno picado, sem sementes
2 dentes de alho picados
Pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

Frite o bacon no azeite, e quando começar a dourar, coloque a linguiça, mexa bem e deixe fritando em fogo baixo.

Quando estiver fritinha, acrescente a cebola e o alho, misture bem.
alho
Cebola e alho

Depois acrescente o tomate, e misture.

Acrescente o feijão escorrido e misture, deixe 2 minutinhos no fogo baixo só pra pegar sabor, e pronto!

É só servir com arroz branco e se deliciar!



refogado
Acrescente tomate
DICAS DA TATY:

* Eu sempre cozinho feijão com folha de louro e 1 tablete de caldo de bacon. Se você prefere cozinhar o feijão sem nada, pode acrescentar uma folha de louro na hora de preparar, ou louro em pó, e caprichar mais no tempero.

refogado
Misture o feijão
* Perceberam que eu não acrescentei sal na receita, pois o bacon e a linguiça já dão um sabor, e nesse caso o feijão já tinha o sal do caldo de bacon, mas sempre prove o sal antes de finalizar a receita, se achar necessário, coloque uma pitada.

* Use o feijão de sua preferência.

Surpreenda seu amor com esse feijão diferente!



Noites temáticas em casa

Oi geeeeeeeeente!

Hoje a dica é sobre festinhas caseiras.

Agora com a Lei Seca pegando pesado, não dá pra arriscar sair pra tomar uma cervejinha com os amigos, a não ser que esteja disposto a gastar uma "baba" de táxi por aí. Fora o risco de você beber e causar um acidente, que é de longe a pior parte!
mexicana
Noite mexicana

Sendo assim, a sugestão é fazer reuniões em casa. Eu adoooooro a casa cheia, e como amo cozinhar, sempre preparo o "rango" da galera.

frutos do mar
Noite de frutos do mar
Aí vale a criatividade e a vontade de cada um, ver o que tem na geladeira primeiro também é válido. Você pode não ter uma ideia em mente, mas abre o armário e vê um pacote de trigo pra quibe. Porque não? É só complementar o que falta e "tcharaaam".. elogios a vista!
kibe
Noite árabe

O resto é com você, pode pedir aos amigos pra trazerem sua bebida favorita, ou se quiser você pode "anunciar" qual será o tema e pedir pra virem à caráter. Se fizer isso, também é legal que procure músicas do mesmo tema, que aí o clima fica completo.

Se você é do tipo que não gosta de cozinhar, pode pedir a delivery, hoje em dia entregam (quase) tudo em casa. Aí é só organizar a recepção, esperar os amigos e se divertir!

Afinal, nós merecemos!!!!

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Feliz Dia do Trabalho

lavar
Pandora ajudando papai com a louça
Não podia deixar passar em branco essa data... Tenho que parabenizar a todos os trabalhadores, remunerados ou não, por esse dia e por todos os outros do ano.

Saúde, sucesso e muita paz no coração de vocês que tem que aguentar os estresses do dia a dia, que aguentam muitas vezes um patrão mala, ou colegas de serviço mal amadas e ranzinzas.

limpar
Sam aspirando o quarto
Lembrem-se sempre que a vida é bela, e como diz o meu marido, trabalhar é um mal necessário...rsrsrsrs....

Tente levar o seu trabalho da melhor forma possível, seja amável com as pessoas, pois quem planta flores, colhe primavera.

E se você trabalha com o que gosta... Parabéns em dobro!! Pessoa de sorte!!

Um viva para os meus ajudantes domésticos, e um abraço a todos os trabalhadores do mundo!

Receita de batata calabresa

Hoje vou ensinar a receitinha de batata calabresa que aprendi com minha amiga Andreia Laura.
batata bolinha
Batata calabresa pronta

Aqui no Rio conhecemos como batata calabresa, no ES eu comprava como batata bolinha. Nada mais é que batata pequena.

Tirei a foto do passo a passo pra poderem visualizar direitinho.

Vamos lá:



refogada
Cebola refogando
Ingredientes:

600 gramas de batata calabresa
2 colheres (sopa) azeite
1 cebola média picada
3 dentes de alho amassados
1 tomate grande picado
2 colheres (sopa) cheias de tempero verde picado
1 xícara de molho de tomate
1 pitada de pimenta calabresa
1 pitada de açúcar
tomate
Acrescentando tomate
Sal e pimenta do reino a gosto
Molho de pimenta a gosto
Água, quantidade suficiente

Modo de fazer:

Em uma panela média refogue a cebola no azeite e quando começar a dourar, misture o alho.
Depois acrescente o tomate picado e o tempero verde, mexa bem e deixe no fogo baixo por uns 2 minutinhos.
Acrescente o molho de tomate e uma pitada de açúcar pra quebrar a acidez do tomate e mexa bem.
tomate
Acrescentando tempero verde

Nesse momento vamos colocar os temperos. Sal e pimentas a gosto. Se gostar mais apimentado, capriche na quantidade, mas vá provando pra não ficar ardido demais.

Mexa bem, prove o tempero, e acrescente um pouco de água para que o molho não grude na panela, e sim cozinhe as batatas.

Assim que começar a levantar fervura, misture as batatas, arrumando de forma que todas fiquem cobertas com o molho.

molho
Acrescentando molho de tomate
O cozimento é bem demorado, no fogo baixo, e ao longo desse tempo, deve-se ir mexendo e espiando pra ver se o molho não engrossou demais. Se estiver grosso, acrescente um pouco de água e mexa.

Quando as batatas começarem a amolecer, fure-as com um garfo ou faca, pra entrar um pouco de tempero.

 Assim que as batatas estiverem macias, desligue o fogo, e deixe descansando no molho por uns 10 a 15 minutos, depois sirva e se prepare para os elogios!
Acrescentando água



DICAS DA TATY:

* Sirva acompanhado de algo que aproveite bem o molho, pois fica delicioso. No meu caso, hoje servi com um anguzinho de fubá de moinho de pedra. Combinou perfeitamente! Mas pode ser um arroz branco, ou até se deixar umas rodelinhas de pão à mesa vai ficar um charme!
batata
Misturando as batatas

* Mantenha o fogo baixo e seja paciente, demora mais de 30 minutos pra cozinhar.

Bom apetite!!!!